segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Fios, lagartas e porquês

...
Era apenas uma criança. Mais uma, aliás, com tantos porquês em mente. Papai já se preocupava com os fios de cabelo sem pigmento que estavam por nascer, e, dia vai, dia vem, o seu trabalho mais duro era encontrar - quando não se via na obrigação de inventar - respostas rápidas para as minhas perguntas. Não que elas precisassem ser convincentes, até porque eu tinha uma meia dúzia de anos ainda, mas as minhas dúvidas sobre essa esfera que insiste em rodar deixavam -no intrigado.
Eu perguntei porque as borboletas nasciam lagartas, e ele respondeu-me que aquela era a maior lição de vida para se tomar como exemplo. Sabe, o inseto que nasce feio e gorducho para depois ganhar cores e asas, transformando-se em algo novo e admirável. Foi aí que eu perguntei porque elas precisavam transformar-se. Quer dizer, lagartas podem não ser as mais lindas das criaturas, porém, para mim, elas não podiam ser vistas como 'o patinho feio'. O cara ao meu lado apontou para os seus cabelos negros, certo de que um bocado de fios brancos se encontravam ali. Ele disse que toda e qualquer coisa do universo evoluía, transformando-se com o tempo. Não satisfeito, soltei rapidamente mais de meus questionamentos: Então um dia eu irei ter asas, papai? Assim como as borboletas? O homem permaneceu quieto, pego de surpresa. E, pela primeira vez, sem uma resposta rápida. Percebi em seu olhar que algo estava errado, mas antes que eu voltasse a perguntar, abri os braços e corri em círculos, rindo alto ao imaginar que voava.
Agora eu sei que papai não quis acabar com o meu sonho. Eu nunca teria um par de asas, e isso acabei descobrindo por conta própria. Mas ele nunca soube que eu não precisava disso para voar. Peter Pan não precisou. Passei muito tempo indo para o infinito sem o auxílio delas. Porém, assim como ele disse, todas as coisas evoluem. E a cada noite eu peço, em silêncio, para que ocorra logo a minha transformação. No fim, somos todos pequenas lagartas.



30 comentários:

  1. Perfeito, me arrepiou peter *------*

    ResponderExcluir
  2. awn amei *-* ♥
    amo seus textos!
    tava morrendo de saudades ):
    espero que continuem postando
    xx

    ResponderExcluir
  3. U0OOOOOOOOOU
    caramba cara, que texto foooooda '-'
    primeiro texto seu que leio... e meu deus, tá de parabéns *-*

    ResponderExcluir
  4. "No fim, somos todos pequenas lagartas" como sempre fomos e sempre iremos ser até que algo venha e nos traga a felicidade necessária apara aprendermos a voar. As vezes nem percebemos quando começamos a nos transformar, só basta ter sorte.

    ResponderExcluir
  5. QUEEEEEEEEEE SAUDADEEEEE CARA*-*
    awn amei de mais o texto Peter, perfeito mesmo :}
    tem que postar mais vezes poxa, to morrendo de saudades de ser pega as 7 todos os dias
    beeijos <3

    ResponderExcluir
  6. Puts, quase cai da cadeira, quando vi nas atualizações um post TPA7. Texto muito foda, Peter!

    ResponderExcluir
  7. Puts, quase cai da cadeira, quando vi nas atualizações um post TPA7. +1
    O texto ficou beem bonito, acho que todos esperamos o momento para evoluirmos >.<

    ResponderExcluir
  8. Pedro, porque você não faz um livro? Falando sério, eu compraria. Bom, sei que não adianta muito, mas não custa nada tentar, fiz um novo blog, bom, se vocês seguissem, ia ser ótimo :) www.eduardaacaze.blogspot.com beijos, saudades.

    ResponderExcluir
  9. O texto não fez muito sentido pra mim, sério. Mas sei lá, é só uma opinião. Você escreve muito bem, de qualquer maneira. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. aai que saudade *-* continuem postando :)
    adorei o texto, você escreve muito bem ² bjs :*

    ResponderExcluir
  11. Que liinnnndo Peter! Muitas muitas saudades de vocês :( <3

    ResponderExcluir
  12. Esse texto é maravilhoso!!!

    ResponderExcluir
  13. Texto digno como quem escreveu, sincero, gostei.

    ResponderExcluir
  14. Muito lindo peter!
    De verdade!
    Saudades de vocês, espero que tds estejam bem felizes!
    E como o anônio escreveu aí em cima: Sincero!
    Lindo!! Gostei muito.

    ResponderExcluir
  15. Realmente, concordo! Somos todos lagartas, haha. Texto super bem elaborado, eu adorei demais seu blog. Já estou seguindo também, haha. O que eu mais gostei é que o blog é feito por 7 pessoas mesmo, superinteressante! :D Eu faço um blog com uma amiga minha que só fala de moda, pois é o assunto que a gente mais ama. Passem lá e vejam se gostam! http://teamvogue.blogspot.com/ Beijos ♥

    ResponderExcluir
  16. heeeeeeey ajude-me?
    não to conseguindo entrar no MINTA PRA MIM, pede e-mail senha.. sl..
    mas eu TENHO QE ENTRAR, é vicio -q
    ta parei, mas oq ta acontecendo?

    ResponderExcluir
  17. profundo , maravilhoso

    ResponderExcluir
  18. Muito bonito o texto. Eu admiro muito sua capacidade de escrever tão bem... Sabe, sou sua fã, Peter. Você escreve muito bem e acho que deveria investir nisso. Posso ver e sentir que seus textos tocam as pessoas, de algum jeito. Meus parabéns ;D

    ResponderExcluir
  19. Geeeeeeeeeente que perfeito! *-* FAZ MUITO SENTIDO! Adoreei :*

    ResponderExcluir
  20. Tem tantas coisas que nos fazem voar, asas não são tão necessarias assim!

    Parabens brow!
    daquideupraver@blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Oii

    adorei seu blog

    tô seguindo

    segue???


    http://meuryss.blogspot.com/

    Bjim

    ResponderExcluir